Tuesday, January 12, 2016

...

Diferente da terra
e suas depressões sólidas
o mar é oblíquo
dissolve tudo em seu (so)beijo
quente, tragável, embreagante
em suas entrelinhas
o oceano é um sentimento
no centro da praça
no largo azul oscilante
freud tentou sonhar mais de uma vez com aquela nossa imagem...
as pétalas se encontrando em um moinho
entre as pérolas nuas, descamadas, desmentidas.
mas não eram elas
o cálice
era o nosso encontro de anos, o sentido manifesto.
.
(Danilo Cavalcante)

Um presente lindo do meu amado amigo Danilo Cavalcante!

No comments: