Wednesday, August 17, 2011

Por que me quer caos
Se posso ser cais?
Por que não me doma
e me toma
até a embriaguês da razão...?
E  então
seremos só sentidos
sem direção...

(RaiBlue)

1 comment:

simone said...

Graaaaaande poetisa!
Sempre de olho nos teus versos, viu?
E sempre me surpreendendo com a beleza e fluidez de tua essência... Pura poesia!!!

Simone Maia (a outra canceriana sem lar... rs)